Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Tijuca foi campeã do Grupo Especial 4 vezes. Fundada em 31 de dezembro de 1931, é uma das escolas de samba mais antigas do Rio de Janeiro em atividade. A agremiação surgiu a partir da fusão de blocos existentes nos morros das redondezas do Morro do Borel (comunidades da Casa Branca, Formiga e Ilha dos Velhacos) no sub-bairro da Tijuca chamado Usina. Mas o Morro do Borel é seu maior reduto, local de onde sai boa parte de seus componentes. Entre seus fundadores estão Leandro Chagas, João de Almeida, Pacífico Vasconcelos, Tatão, Alfredo Gomes, Marina Silva, Orlando da Costa Godinho, Zeneida Oliveira e Regina Vasconcelos.

Em 1936, a escola foi a grande campeã do carnaval carioca, com o enredo Sonhos delirantes. Naquele desfile, realizado na Praça Onze, a Tijuca trouxe uma inovação, apresentando alegorias aludindo o enredo.

De 1960 a 1980, enfrentou um período muito difícil, desfilando no segundo grupo e sem conseguir subir. Neste período, somente uma vez chegou perto de voltar ao grupo das grandes. Em 1980, foi a campeã do Grupo 1B, voltando ao grupo principal do carnaval carioca.

O empresário português Fernando Horta assumiu a presidência em 1992 pela primeira vez. Sob sua gestão, foi inaugurada uma nova quadra de ensaios, no Santo Cristo, zona portuária. Em 1999, no Grupo de Acesso, a Tijuca fez um desfile memorável, com o enredo O Dono da Terra do carnavalesco Oswaldo, recebendo todas as notas "10", com um belo carnaval e um samba considerado por muitos especialistas como "antológico" , sendo reconduzida ao Grupo Especial.

(Fonte: Wikipedia)

GRES Unidos da Tijuca samba 2016

Autores: Dudu Nobre, Totonho, André Diniz, Fadico e Jorge Aragão

Intérprete: Wantuir

O sol nasce em minha alma
Vai tomando o peito e ganhando jeito
Se eternizando, traduzido em forma
O mais imperfeito, perfeição se torna
Lá no meu quintal, eu vou fazer um bangalô
Já foi tapera feita em palha e sapê
E uma capela que a candeia alumiou
A lua cheia…

Vem, é lindo o anoitecer
Vai, eu morro de saudade
Todo mundo um dia sonha ter
Seu cantinho na cidade

Como é linda a vista lá do meu Borel
Luzes na colina, meu arranha-céu
Linhas do arquiteto, a vida é construção
Curva-se o concreto, brilha a inspiração

Lágrima desce o morro
Serra que corta a mata
Mata, a pureza no olhar
O rio pede socorro
É terra que o homem maltrata
E meu clamor abraça o Redentor
Pra construir um amanhã melhor
O povo é o alicerce da esperança
O verde beija o mar, a brisa vai soprar
O medo de amar a vida
Paz e alegria vão renascer
Tijuca, faz esse meu sonho acontecer

A minha felicidade mora nesse lugar
Eu sou favela!!!
O samba no compasso é mutirão de amor
Dignidade não é luxo, nem favor
 

Copyright: Editora Musical Escola de Samba Ltda.

Contact Us

Carnaval Agência de Viagens e Turismo Ltda.
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 583 - Gr 601 
Copacabana - Rio de Janeiro - Brasil - 22050-002

Tel: (21) 2548-4232

Whatsapp: (21) 98987 2694

Fax: (21) 2236-7161
vendas@carnavalturismo.com

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

Subscribe

Formas de Pagamento

Carnaval Agência de Viagens e Turismo LTDA

32.593.600/0001-05

Privacidade | Termos | Cancelamentos | Contatos

Privacy | Terms | Cancellations | Contacts